Esmalte: O.P.I

VLUU L100, M100  / Samsung L100, M100Infelizmente esse esmalte não é meu, minha irmã pediu ao meu amigo quando ele viajou pros Estados Unidos. Mas vale à pena falar dele aqui. Na minha unha não para nenhum esmalte, menos de um dia depois já está descascando. Mesmo passando base e uma camada de brilho extra por cima não fixa. Mas com esse esmalte foi diferente.

O pote dele é grande (vem 15 ml) e custou $9, a cor dele é um rosa/salmão/nude cintilante. O nome dele é Hands Off My Kielbasa! Não é caro se você levar em conta o tamanho (2x maior que a maioria dos nacionais) e a qualidade. Porém, se quiser comprar no Brasil vai ter que desembolsar cerca de R$ 38,00 na Sephora.

esma opi

Não reparem na cutícula. Ele durou mais de cinco dias na minha unha e só saiu com removedor. Nem cutucando saiu por completo. \o/ Gostei bastante, ele seca super rápido e não forma bolinhas. Se tiver for ou tiver algum parente que vai viajar vale à pena pedir um pra experimentar.

5

Anúncios

Reestudando Gastronomia #6 – Sachet D’Épices

sachet

Sachet d’épices é o nome em francês para saquinho de especiarias. Basicamente se faz um saquinho com perfex ou gaze e enche de ervas e especiarias. Louro, pimenta do reino em grãos, talos de salsa e tomilho são os mais tradicionais. Pode-se acrescentar ainda alho e cravo. Basta amarrar com um barbante longo e fazer a infusão dessas ervas em molhos, fundos, carnes, etc. Deixe a ponta do barbante para fora da panela para facilitar a remoção.

O que é bem legal é que depois não precisa ficar “caçando” as especiarias para não ir ao prato. Basta retirar o saquinho.

Para Ler #21: As Aventuras do Caça-Feitiço – O Aprendiz

as aventuras do caça feitiçoTom  Ward logo fará 13 anos e está na hora de começar a aprender uma profissão. No entanto, sendo o sétimo filho, não restam mais tantas opções para ele. Assim, seus pais lhe entregam para o Caça-Feitiço para que se torne seu aprendiz. No entanto, ele não é somente o sétimo filho, como seu pai também era o sétimo filho; essa condição possibilita que Tom possua algumas características especiais: ele consegue sentir e se comunicar com aqueles que ninguém mais consegue, como espíritos, fantasmas, ogros, além das feiticeiras, é claro. Agora, em sua nova profissão, é dever de Tom proteger as pessoas desses perigos sobrenaturais.

Adorei esse livro! Acho que foi um dos melhores livros juvenis que já li! Principalmente porque nenhum livro de terror me assusta (ok, talvez um pouquinho os do Stephen King, mas só um pouquinho, ok?) e, apesar desse livro não ter me deixado com meeedo, me fez sentir aquela sensação, sabe? O que eu acho a parte mais gostosa de se ler…

E ela [a porta] se abriu, muito lentamente, com um forte rangido. Alguma coisa entrou na sala. Senti uma friagem. Uma friagem de verdade. O tipo de friagem que me informava que ali havia alguma coisa que não pertencia a esta Terra. Era como a friagem no morro do Carrasco, só que muito, muitíssimo pior.

A narração do Joseph Delaney é extremamente gostosa de se ler. uma vez que você começa, é impossível parar! Li esse livro muito rápido: em menos de duas horas já havia terminado e estava procurando a continuação.  Também gostei muito das personagens, sua construção em camadas, ir revelando aos poucos os motivos e o passado de cada um.

as aventuras do caça feitiço 2As Aventuras do Caça-Feitiço foi publicada no Brasil pela Bertrand Brasil, um selo da Editora Record. A edição está muito bem feita, fácil de se ler (entenda-se letra tamanho 12 com espaçamento duplo em papel pólen). Cada capítulo se inicia com uma ilustração, além do cabeçalho do livro ter sido feito com todo o cuidado e capricho. A capa é perfeita para a história, dando a impressão de se tratar de um livro antigo, misterioso. Já a contracapa vem com um aviso: “CUIDADO: Não deve ser lido à noite!” Rs

Uma curiosidade é que o autor, Joseph Delaney, baseou O Condado, região em que vive Tom na história, no condado de Lancashire, norte da Inglaterra, onde vive. As regiões que o compõem também foram baseadas em sua vida: Chipping virou Chipenden e Lancaster virou Caster, por exemplo. A orelha do livro traz uma outra informação, se é verídica ou não, não sei dizer: “A casa mal-assombrada em O Aprendiz realmente existiu! Quando criança, Joseph morou em uma casa assim, em Preston, onde tinha um pesadelo recorrente. No sonho, ele se via sentado em um tapete na sala enquanto a mãe tricotava. Então começava a sentir um frio sinistro e, do depósito de carvão no porão, subia uma sombra que o levava a força para o escuro. E o que era mais assustador… seus irmãos tinham o mesmo pesadelo! A casa foi demolida por causa disso; portanto, ele jamais poderá voltar lá.”

A série, no original “The Wardstone Chronicles”, já possui 11 livros publicados na Inglaterra, mais três complementares à história. Por aqui, a Bertrand Brasil só publicou 7 volumes até agora, o que é uma pena, porque é uma série realmente muito boa. Infelizmente ela não é tão conhecida no Brasil, o que deve dificultar a sua publicação =(

5

Filme: Na Natureza Selvagem (2007)

imagens-na-natureza-selvagem-797028Fiz duas tentativas de assistir esse filme, na primeira em 2008, lembro de ter pego o dvd pirata e de tentá-lo assistir de madrugada, quando não tinha sono. E nem cheguei na metade do filme e já tinha dormido. Agora, a segunda vez ocorreu algo parecido. Não aguentei assisti-lo até o fim e parei para continuar depois. E, dois dias depois quando continuei dormi quando faltava meia hora, e só sei que dormi porque o sistema da Netflix alegou que eu já havia acabado de vê-lo.

Na Natureza Selvagem (Into the Wild) é baseado em fatos reais. É baseado no livro sobre Christopher McCandless. O filme é narrado pela sua irmã mais nova, conta a história de Christopher, recém formado na faculdade, doa todo seu dinheiro para uma instituição e resolve encarar a vida mundo à fora, agora sendo Alex. Seu sonho é partir para uma aventura no Alasca. O filme mescla cenas do presente e do passado e conseguimos entender a psicologia que passa na mente de Christopher. Vemos que algumas atitudes de Chris são baseadas na sua convivência na infância, na atitude dos seus pais. Chris entra em uma busca pela sua essência.

Para mim, um dos problemas do filme é a duração. São quase duas horas e meia de filme monótono. Porém, a fotografia do filme é muito bonita e a trilha sonora muito bem selecionada. E, apesar do final ser meio óbvio, eu gostei. O filme foi dirigido pelo Sean Penn. Se você gosta de filmes com fotografia e trilha sonora bem selecionadas, filmes longos que mostram mais cenas à história e algo para refletir então vale à pena.

3,5

Reestudando Gastronomia #5 – Cebola Piquée

piquée

A cebola piquée (lê-se cebola piquê) é utilizada principalmente na preparação do molho béchamel. Basicamente você parte a cebola ao meio na horizontal. Pega uma metade da cebola e vire a parte cortada e reta para baixo. No centro da cebola faça um corte de aproximadamente 3 centímetros. Nesse corte encaixa-se uma folha de louro. E prende-se a folha de louro com 3 cravos da índia. A folha não pode soltar e os cravos devem prendê-la. Essa cebola deve ser fervida na preparação para liberar o seu sabor.