Domingo é dia de… Música \o/ #47 – Katy Perry

Anúncios

Viciadas em Séries #19: Drop Dead Diva

dropdeaddiva1

Drop Dead Diva conta a história de Deb, uma modelo que gosta de futilidades e acaba morrendo em um acidente de carro. Quando vai para o céu, acaba apertando um botão de retorno e reencarna no corpo de Jane, uma advogada renomada que está acima do peso. Deb agora tem que se acostumar com a vida de Jane, uma advogada que possui um conhecimento excepcional em direito. Também tem que lidar com Fred, seu anjo da guarda. A única que sabe desse ocorrido é Stacy, uma patricinha que não possui muita inteligência. E Deb, ou Jane, agora trabalha no escritório que seu noivo trabalhava, e tem que lidar com essa situação.

A série tenta demonstrar principalmente esse padrão de beleza imposto pela sociedade, onde Deb era magra e modelo e agora tem que conviver no corpo de Jane, que não liga para isso e que está acima do peso. Me lembra muitos filmes, desde a parte de reencarnar em outro corpo, possuir um anjo da guarda, ter uma amiga burra, etc.

A série gira em torno de um escritório de advogacia, onde Jane tem que solucionar e criar as melhores estratégias para ganhar casos dos seus clientes. Não é uma série tensa, é super descontraída, com ocorridos engraçados entre os casos. Pra mim, parece aquela série que não acompanho, mas ao mesmo tempo paro para assistir quando não encontro nada para ver. É bem no estilo de Uggly Betty.

A série tem 6 temporadas. A sexta e última temporada acaba esse ano. Os primeiros episódios já foram exibidos. Esperamos que acabe com um fim merecido.

3,5

Pós Graduação – O que esperar?

large

Obviamente que cada curso, cada instituição, cada classe, cada grupo de professores serão fatores que farão com que nada seja igual, então não espere que o que eu fale seja correspondente ao que você desfrutará. Estou falando da minha experiência pessoal e do meu ponto de vista.

Bom, eu estou quase acabando (falta o tcc, maldito bendito tcc) e quero dar a minha opinião sobre pós graduação. Então comecemos do começo. Só pra situar eu fiz pós de Gestão de Negócios em Serviços de Alimentação no Senac.

Seleção: Pra entrar em uma pós, geralmente é preciso fazer uma entrevista ou uma prova para ver se todos possuem o mesmo nível (no meu caso foi uma entrevista com o coordenador). Fiz a entrevista em outubro para começar o curso em março do ano seguinte. A entrevista foi bem tranquila, precisei entregar a “documentação” juntamente com um curriculum. Geralmente faz questões do porque deseja entrar e qual será o tema do seu tcc e outras de conhecimento geral sobre o assunto. Mas ele não reprovou ninguém, o que deixou a minha turma com mais de 60 pessoas.

Aulas: as aulas ocorrem duas vezes por semana, geralmente em dias alternados. As aulas geralmente são modulares, quando você vê uma matéria por vez, no meu curso, geralmente via uma matéria na segunda e outra matéria na quarta, não sendo necessariamente apenas uma matéria por vez. Isso é bom, no sentido que o conhecimento não fica “picado” e que as aulas são melhores aproveitadas e também é ruim no sentido que quanto mais tempo se passa, também se esquece mais facilmente. No fim, eu pelo menos nem lembro os nomes de todas matérias e muito menos dos professores correspondentes.

Escolhi uma pós que não possui aulas práticas, e, como saí de uma graduação com váriaaass aulas práticas (gastronomia) foi meio difícil, pois as vezes acabava sendo entediante. As aulas duram em torno de 4 horas e é apenas com um professor e uma matéria. O lado bom é que você consegue aproveitar bem o conteúdo, aprender bastante teoria. Porém, acredito que para quem estava acostumada com bastante aulas práticas haja uma certa dificuldade de ficar com a bunda na cadeira escutando por 4 horas seguidas, mas nada que seja impossível, com ajuda de muito café.

As aulas geralmente são aulas de slide, com comentários do professor, e isso varia muito conforme matéria/professor. Tem professores que dão trabalhos em aula pra serem apresentados na própria aula, tem professores que reúnem o grupo para discussão. Mas, no geral, a aula é bem aberta, todas as pessoas podem opinar e o que eles realmente ficam é na transmissão de experiências e informações.

Alunos: Você encontrará de tudo, diferentemente da graduação em que as pessoas tem algumas características em comum em alguns cursos. Tem gente de 20 a 60/70 anos. Homens, mulheres, desde inexperientes a donos de empresas. O que eu percebi é que, diferentemente da graduação, técnico ou ensino médio, é mais difícil de fazer amizade na pós. Muitas pessoas querem relacionamentos somente profissionais e o horário da aula também não permite muitas conversas e diversões. Sim, isso é muito variável, mas creio que como as pessoas são mais adultas e já possuam relacionamentos construídos, a relação acaba sendo apenas profissional. Talvez os colegas da pós sejam aqueles em que você contrataria para sua empresa, mas não chamaria para um churrasco na sua casa. Sei lá, apenas a minha opinião.

Professores: Geralmente os professores são aqueles que possuem mil e uma graduações/pós graduação e que tenham feito mestrado/doutorado/cursos no exterior. Mas nem por isso eles são superiores aos alunos. Não se intimide com os grandiosos currículos. Eles são experientes na área e estão preparados para isso. Mas, já tive professor foda (de bom) que não tem uma boa eloquência, já tive professor chato que não fala com ninguém e nem tira dúvidas. Só digo uma coisa, se realmente não está feliz com o professor e se a sala concorda com você, não hesite em falar com o coordenador sobre isso. Mas, em geral são simpáticos e transmitem o conhecimento que foi proposto a eles.

Nota: Se há uma coisa boa é não ter que se preocupar com provas. \o/ Enquanto seus amigos estão desesperados, você fica tranquilo por não possuir esse tipo de avaliação. Sim, há notas, porém em geral os professores avaliam por participação em aula, trabalhinhos, apresentações em aula, essas coisas. Só uma dica, se seu professor na última aula der uma avaliação sobre ele e suas aulas, não fale mau, cometi esse erro e por isso recebi a nota mínima, principalmente se ela for da parte de psicologia. =(

Falta: Eles dão muito mais importância para falta do que qualquer outra coisa, o que acaba incomodando quando você está em uma pós graduação. Fazer duas chamadas por noite acaba sendo exagerado pra mim. Mas, não estoure as faltas, é mais difícil passar do que quando não atinge a nota. Não estou brincando.

Trabalho de Conclusão de Curso: nosso querido TCC. Desde o início das aulas já é proposto para você decidir o tema o quanto antes. Esse é o trabalho principal e todas as aulas são dadas para que você as utilize nele. Primeiro, muita calma na hora de decidir tudo sobre esse trabalho, principalmente as pessoas. O tema é razoavelmente fácil de se mudar, porém o grupo não é tão fácil assim. Primeiro escolha o seu tema e procure alguém que esteja trabalhando no mesmo tema que você. Isso é bom pois não terá trabalhos com o mesmo tema e todo o trabalho que esse trabalho dará será dividido, seu pra entender? Se, você não gosta muito de compartilhar ou quer fazer o trabalho sozinho, muita boa sorte pra você, mas saiba que não será fácil. O bom é que você tem 4 meses para entregar a partir do momento em que as aulas acabem.

Duração: Geralmente é de 1 ano á 1 ano e meio. No meu caso são 16 meses. 12 meses de aulas + 4 meses de entrega de trabalho.

Preço: Geralmente varia de 500 a 1.000 reais. No meu caso foi 700 e pouco, acabei pagando menos do que a graduação, mas a carga horária também é menor. É valido você dividir o preço pela carga horária e fazer a comparação com outros cursos.

Compensa? Sim, principalmente se você conseguir colocar o que foi dado em prática. Aprendi muitas artimanhas e coisas que ninguém fala. Muitas matérias básicas são realmente uteis e se realmente gostar vale a pena se aprofundar no assunto. O curso passa bastante conteúdo pela sua duração e como não possui provas, é fácil conciliar com trabalho e outros cursos. É muito bom para fazer network e acabar conhecendo profissionais. No geral, depende muito da expectativa que colocou no curso. Mas conhecimento nunca é demais.

Para Ler #31: Mafalda

mafaldaeomundo

Acho difícil conhecer um brasileiro que nunca tenha ouvido falar das tirinhas da Mafalda. Acontece que, há algumas semanas, passando pela parte de quadrinhos da biblioteca, acabei por encontrar os livrinhos compilados 1-9 dessa menininha charmosa.

mafalda

Mafalda, com 6 anos, é uma questionadora nata! Questiona a sociedade em que vive, a politica, a economia, os costumes… No entanto, sempre com a ingenuidade própria da criança 😀

mafalda5

Escrito pelo Argentino Quino, de 1964 a 1973, as histórias muitas vezes trata de problemas do país, sempre com uma visão humanitária, preocupadas em retratar, por exemplo, a inflação, a corrupção, a falta de liberdade de expressão, nunca deixando também de manter um olhar sobre os conflitos internacionais.

mafalda4

O mais interessante é que, mesmo sendo escritas com décadas de distância de hoje, em um país distinto, as provocações de Mafalda acerca desses assuntos não deixa de serem pertinentes a nossa realidade, retratando problemas que, ainda hoje no Brasil, infelizmente são muito atuais =/

mafalda1

Com um humor muito refinado, ligeiro e perspicaz sobre todas essas problemáticas, aliados com a ingenuidade infantil, Mafalda e sua trupe — que tipifica, aliás, cada um deles um conceito: Felipe representa a vontade x a moral; Manolito, o capitalismo voraz; Susanita, futilidade e ideias machistas; Guillé, o começo da percepção infantil; Miguelito, sua inocência e Liberdade, toda sua pequineza — nos fazem perceber problemas de gente grande mas com a diversão infantil.

mafalda6mafalda3mafalda2mafalda7

5

Agora temos Domínio \o/

blog

Sim, compramos nosso domínio. Eeeeee \o/. Agora nosso blog é blogdasgemeas.com, e isso é só o comecinho. Hoje compramos apenas o domínio, porém queremos melhorar sempre. Compramos o domínio pelo wordpress e saiu $26 (o domínio $13, o mapeamento$5 e a privacidade dos dados $8).

Ainda falta muuuito para crescermos, mas estamos trabalhando nisso. Queremos comprar hospedagem, fazer layout, banner e, aos pouquinhos, deixar a nossa cara. E, claro, criar muito conteúdo para vocês. =)

Muito Obrigada à todas as visitas até agora. ❤

Compras: Bolsa + Carteira

Perdoem-me a falta de tempo para o blog. Essas semanas tem sido só correria, tive apresentação de TCC e não desejo isso à ninguém (apesar de desejar a todos uma formação), isso te leva a loucura e mexe com o limite da sua paciência. Justamente por apresentar esse trabalho acabei me dando dois presentes dignos e lindos.

Como achei que a apresentação era uma coisa mais séria, acabei indo com look mais formal, e escolhi um vestido que tinha comprado a bastante tempo na Marisa, porém nunca tinha usado. No entanto, não tinha nenhuma bolsa que combinasse com a formalidade da data (amo mochilas e bolsas descontraídas), acabei comprando uma na C&A.

Quando bati o olho nela vi que ela era linda, do jeito que estava procurando, preta e dourada, grande o suficiente para carregar meu notebook. Todavia, achava que estava muito caro, então, olhando a etiqueta eu tive que levar. Paguei apenas R$69,90. Ela é de couro fake e possui detalhes dourados com zíper e 2 bolsos laterais. A única coisa que me incomoda é o fecho, pois é difícil de abrir, porém fechos muito frágeis também são horríveis. Ela era a única da loja (o que me fez acabar querendo ainda mais), só que acho que é possível encontrar em outras C&As. Estava de 129,00 por R$69,90 e fiquei muito feliz com esse achado. =)))

bolsa

No sábado acabei comprando uma nova carteira, antes mesmo de comprar a bolsa (comprei no domingo) que, sem querer, combinou. Ela é rosa (um rosa chá) com preto e detalhes em dourado. Comprei em uma loja na 25 de março e foi super barata (19 e pouquinho). Vem super bem embalada, porém, na hora não abri para olhar e ela veio meio manchadinha na parte interna. Então, olhe sempre antes de comprar, eu dei besteira. Mas amei ela, vem com bastante espaço para cartões, um parte dupla para notas e comprovantes,  e um zíper para outras coisas.

carteira

Duas coisas que foram super achados e amei ❤

Bolsa – C&A

Carteira – Não lembro a loja, mas foi lá no meio da Vinte e Cinco de Março – Centro – SP