Aplicativo: My Fitness Pal

Desde que estou com um celular com android (sim, até umas 3 semanas atrás meu celular não tinha android, nem wifi, nem vida, mas tinha TV =)) eu já instalei, testei e desinstalei vários aplicativos. Além dos básicos (whatsapp, pou, instagram, entre outros) um que eu queria muito testar era um contador de calorias.

O My Fitness Pal é um contador de calorias. Primeiro você registra uma conta, coloca peso, altura, idade, sexo e sua meta: ganhar, manter ou perder peso, e a quantidade prevista por semana. Depois ele faz cálculos nutricionais (faz o tmb e depois o get, nutricionistas entenderão) e te indica uma quantidade apropriada de kcalorias para consumir no dia. Isso varia de pessoa para pessoa.

Além disso, ele permite você contar as calorias. Por exemplo, quando consumir um produto é só procurar na lista um que se encaixe melhor, e se não achar basta adicionar ele, olhando na tabela nutricional. Além disso, se for um produto industrializado pode tentar buscar pelo código de barras, facilitando muito o processo. E não se preocupe com receitas, você coloca as quantidades e os ingrediente e ele calcula pra você. É muito fácil.

Confesso que estava super empolgada nas 2 primeiras semanas. Só controlando as calorias e sem fazer nenhum exercício perdi mais de 2 kilos. O problema é que ando meio desanimada ultimamente para inserir os dados. Mas a persistência é a última que morre.

Se você não tem smarphone também dá pra inserir pelo site, é só anotar num caderninho e depois inserir quando tiver acesso à internet. Eu super amei esse aplicativo. E ele é de graça. Super vale à pena.

5

Anúncios

Batom Ultra Color Avon

Já faz um tempinho que comprei o Ultra Color Lipstick Batom FPS 15 da Avon, na cor 101 – Rosinha Matte  (acho que paguei R$12,99). Ele vem com uma nova embalagem e uma grande gama de cores. A embalagem tem um visor de acrílico, que facilita na hora de ver a cor do batom. Outra novidade é que o adesivo onde está escrito a cor também vem num tom bem próximo ao batom.

batom avon 2

O batom é bem macio, desliza facilmente pelos lábios, porém eu achei que ele ficou um pouco desuniforme na minha boca. Ele não é matte, pra mim está mais para cremoso. E o visorzinho também só ajuda se a luz do ambiente for boa, senão não faz tanta diferença.

VLUU L100, M100  / Samsung L100, M100

Essa cor é muito bonita, fica legal em tons de pele bem branquinhos até negras. Quanto a duração é como a maioria dos batons, não dura muito e tem que ficar reaplicando.

Como essa cor é clara, vale o truque de passar um pouquinho de corretivo antes para facilitar no contorno.

3,5

Para Ler #18: Como ser um Pirata

Atenção: Esse livro é 2º volume da série “Como Treinar o seu Dragão” e pode conter spoilers sobre o enredo. Para saber mais, veja o post sobre o 1º volume da série, “Como Treinar o seu Dragão” ou a resenha sobre o filme “Como Treinar o seu Dragão”.

como-ser-um-pirata

Soluço, junto com Banguela, parte novamente à uma nova aventura, onde dessa vez terão de aprender os segredos do mar. Tudo ocorria bem, nem tanto, até que ao naufragar Soluço encontra o caixão do velho Barbadura, o terrível, o maior pirata viking de todos os tempo. Como descendente direto de Barbadura, é dever de Soluço encontrar seu tesouro e possuir sua espada, confirmando assim que ele  será o futuro líder da tribo. No entanto, será que nosso anti-herói conseguirá realizar tal proeza?

Vocês devem se lembrar o quanto fiquei maravilhada com a belíssima edição da Intrínseca, não? Pois nesse volume o trabalho caprichado continua com todos aqueles detalhes que já citei, com ilustrações, tipografias, capa etc.

digitalizar0002

E outra coisa que continua no mesmo estilo é historia. Só que eu achei que continua, bem, parecida demais com o primeiro livro. Parece que, dessa vez, não teve nenhuma evolução, entendem? Soluço continua o fracassado que sempre foi e de novo ele tem que mostrar que vale a pena, e de novo ele terá de realizar atos incomuns, e de novo vai ser atormentado pelo resto da tribo, e de novo…

Deu pra perceber? Parece que o que Cressilda fez foi simplesmente deslocar Soluço e sua vila para outro cenário.

Apesar de tudo, a narrativa continua a delícia que sempre foi, com direito à muitas risadas. Apesar de ter achado a história meio muito repetitiva, confesso que me apaixonei pela série e que toda a magia de se ler que senti no livro 1 continua presente, por isso, merece 4 estrelinhas!

4

Reestudando Gastronomia #2 – Mirepoix

mirepoix1

Mirepoix (lê-se mirepoá) é uma mistura de vegetais que utilizamos para acrescentar sabor em outras preparações. Elas são descartadas depois da extração desses sabores. Essa mistura pode ser acrescentada em fundos, caldos, assados, entre outros. Os sólidos são desprezados e o caldo é coado. A mistura consiste em:

50% cebola + 25% salsão + 25% cenoura = mirepoix tradicional.

Muitas vezes, para não acrescentar cor, a cenoura é substituída por alho poró. Então se quer dar sabor ao seu prato experimente acrescentar um mirepoix há mistura.

Viciadas em Séries #12: House of Cards

O que fazer quando o jogo pelo poder não ocorre exatamente com a forma na qual planejou? Francis Underwood (Kevin Spacey) é um congressista que, em troca de seu apoio na eleição do novo Presidente dos Estados Unidos, almeja o cargo de Secretário de Estado. No entanto, após seu candidato vencer nas urnas, o cargo acaba por ir para outra pessoa. Agora Francis e sua mulher, Claire, serão implacáveis na busca pelo tão desejado poder.

Esta é um série de produção original da Netflix, ou seja, ela foi produzida exclusivamente para a internet, e impressiona o fato que não perde em nada para as produções para a TV, ouso dizer que, se comparamos com algumas delas, esta supera, e muito.

House of Cards é uma série incomum: uma temática incomum, uma perspectiva incomum, uma narração incomum. E tudo isso a torna uma série inovadora, com um perspectiva inovadora. Quando assisti ao trailer pela primeira vez, achei que fazer Francis conversar com os espectadores foi feito especialmente para captar público. No entanto, não. Na série ele dialoga conosco, nos tornando seu interlocutor.

 O jogo pelo poder também é uma ótima chamada. É uma corda bamba na qual quem não tem gingado cai e se dá mal. Sua discussão é atual, com uma filosofia que nos desafia; logo na chamada já aparece Maquiavel: “Os fins justificam os meios”. Seu título também o torna bastante sugestivo: Castelo de Cartas, que em qualquer momento, pode desabar. Por tudo isso e mais, House of Cards é uma série imperdível, provocativa e que cativa seu público.

A primeira temporada foi disponibilizada em 2013, com 13 episódios, todos ao mesmo tempo. Essa é outra vantagem da série ter sido produzida para a internet: você não precisa esperar semana após semana para assistir um episódio por vez. Você assiste quando quer e quando tem tempo. Inicialmente foram encomendados 26 episódios para duas temporadas, por isso, que chegue logo a 2ª temporada.

5