Filme: Chocolate (2000)

5788_shokolad_or_chocolat_1280x1024_(www.GdeFon.ru)Confesso que assisti esse filme graças ao meu querido e amado Johnny Depp há muito tempo atrás. Mas revi agora, quando a Netflix me indicou (as indicações da Netflix não fazem sentido =X). Realmente conseguimos perceber mais detalhes revendo um filme.

O filme retrata uma mulher que é mãe solteira: Vianne Rocher (Juliette Bonoche). Vianne tem uma filha de seis anos e é praticamente nômade, passando de cidade em cidade. Quando chegam a cidade de Lansquenet-sous-Tannes, no interior da França se depara com algumas dificuldades. Lá, abrem uma loja de chocolates bem no período da quaresma, tendo problemas com os fiéis. Também não frequenta a igreja e é mal falada por todos. Vianne é uma mulher corajosa e não teme à bocas alheias.

Infelizmente só tem em inglês =(

O filme consegue mesclar a chocolaterie e seus processos e suas gostosas produções com a história de Vianne que está entrelaçada com esse mundo do chocolate. O personagem de Johnny Depp aparece depois da metade do filme interpretando Roux, um pirata músico andarilho que acaba por parar na cidade e também é repugnado pelo povo.

O filme foi adaptado do livro de Joanne Harris (agora o segundo na minha lista de compras, depois de As Regras da Casa de Sidra). Ele expõe questões interessantes, principalmente dos que não seguiam a religião católica décadas atrás. E também de como a política influencia na religião (atualmente acho que ocorre com mais o contrário). Mas eu realmente gostava mais desse filme quando vi pela primeira vez. Não sei se perdeu a graça por lembrar de algumas partes mas houve uma pequena decepção. Apesar de ter uma fotografia maravilhosa e ter a gostosura do Johnny Depp Chocolate, algum tempo atrás ganharia 5 estrelas, mas hoje ganha:

4

Anúncios