Filme: Regras da Vida (1999)

las_normas_de_la_casa_de_la_sidra_1999_3Baseado no livro The Cider House Rules (no Brasil As Regras da Casa de Sidra, que foi lançado pela Rocco esse ano). Não li o livro para compara-los, mas fiquei com muita vontade pena que tá uma fortuna. Acho que a primeira coisa que se repara é como o Tobey Maguire de homem aranha está novo.

Bom, o filme conta a vida de Homer Wells (Tobey Maguire). A história se passa no século XX. Homer nasceu e cresceu em um orfanato, depois de ser devolvido duas vezes pelas famílias adotivas. Dr. Wilbur Larch, diretor e médico do orfanato, tem um apego muito grande por Homer. Homer aprende todos os ensinamentos médicos de Wilbur mesmo sem ter ido à escola, porém não aceita seguir a profissão que “não foi a sua escolha”. Homer decide deixar o orfanato e tentar aprender na marra as regras vida.

O filme aponta várias questões um tanto quanto polêmicas. A primeira e mais impactante é a questão do aborto. Na clínica de Dr. Wilbur Larch (Michael Caine) há vários procedimentos de aborto, segundo o médico a mulher deve escolher se deseja ou não ter o filho, e se escolher não tê-lo, fará o procedimento para abortar o feto em lugares que não seguros para sua saúde. Então, é melhor fazer em uma clínica idônea, com os cuidados necessários. Nos Estados Unidos, atualmente todos os tipos de aborto são liberados. Confesso que esse é um assunto delicado, cada pessoa tem uma opinião diferente sobre o tema, mas assistir esse filme dá mais um ponto de vista sobre o tema.

Além do aborto, o filme retrata também o caso do incesto (quando uma pessoa tem um filho de um parente). Outra coisa que podemos reparar é que Dr. Larch é viciado em éter.

Um assunto menos polêmico é a questão de ser um profissional por experiência, sem qualquer tipo de estudos formais. O que aconteceu com Homer foi que havia uma necessidade de uma assistência no hospital, e Dr. Wilbur lhe passou os ensinamentos. Em um momento, Homer não queria mais fazer isso, ele queria conhecer o mundo, ter suas próprias escolhas e decisões. Acaba optando por sair do orfanato de forma abrupta. Depois percebe que está preso ao passado.

Eu realmente gostei muito do filme, apesar de ser considerado dramático, não é o tipo de filme que faz você chorar. A história decorre bem, e apesar de ser longo, não há desfoques e todos os assuntos são amarrados. Esse filme ganhou os Oscars de Melhor Ator Coadjuvante (Michael Caine) e Melhor Roteiro Adaptado, além de ter sido indicado em outras 5 categorias: Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Edição, Melhor Direção de Arte e Melhor Trilha Sonora.

5

Anúncios

2 comentários sobre “Filme: Regras da Vida (1999)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s